Povo a(r)mado jamais será escravizado!

Será que, realmente, o homem foi criado a semelhança de um Deus? Ou este mesmo homem é escravo de uma necessidade egoísta de ser mais que seu semelhante, e isto o leva a, infamemente, se comparar a uma divindade maior? Desde que controlada e sem causar prejuízo a terceiros, a ambição é um fator motivacional… Continuar lendo Povo a(r)mado jamais será escravizado!

A dignidade num prato de comida

Certamente, a maioria das pessoas já passou vontade de comer alguma coisa e não pode satisfazer essa vontade de imediato. Os motivos são muitos: falta de tempo, falta de dinheiro, falta de lugar para comer, entre outros. Se passar vontade de comer já é difícil, imagine passar fome: precisar e não ter o que comer.… Continuar lendo A dignidade num prato de comida

Liberdade de expressão não é atacar a Democracia

Desde a sua candidatura, o Presidente da República sempre adotou a estratégia do conflito, na tentativa de fazer prevalecer suas opiniões. Ao longo do seu destrambelhado e incompetente mandato, sua postura tornou-se ainda mais agressiva e prejudicial ao Brasil, ao povo e à Democracia. Além da divulgação em massa de fake news através da utilização… Continuar lendo Liberdade de expressão não é atacar a Democracia

Onde você estava em 05 de outubro de 1988, cara pálida?

Você consegue se lembrar dos locais, ruas e bairros que gostava de ir em 1988? Você consegue se lembrar dos seus equipamentos eletrônicos, da sua bicicleta, ou mesmo, se for o caso, do seu carro em 1988?  Caso você tenha todas estas lembranças, você conseguiria provar que era o dono destas coisas e que ia… Continuar lendo Onde você estava em 05 de outubro de 1988, cara pálida?

“Vou trabalhando, até conseguir meu primeiro emprego”

Todo jovem tem muitos sonhos, perspectivas e projetos de vida, que possibilitem sua realização pessoal e sua ascensão social. Neste contexto, a educação e o trabalho são dois dos principais fatores que podem transformar a vida destes jovens. Não faz muito tempo que a principal alternativa para a maioria dos jovens era trabalhar na área… Continuar lendo “Vou trabalhando, até conseguir meu primeiro emprego”

Apagão mental ou descaso do “Posto Ipiranga”?

O Brasil vive a pior crise hídrica dos últimos 91 anos e as perspectivas para os próximos meses não são as melhores: aumento das tarifas de energia elétrica para os segmentos da indústria e do comércio dificultarão, ainda mais, a já lenta recuperação econômica. Já o consumidor residencial será, mais uma vez, golpeado pelas costas,… Continuar lendo Apagão mental ou descaso do “Posto Ipiranga”?

Políticas públicas, sim! Populismo, não!

O sistema não teme o pobre que em fome. Teme o pobre que sabe pensar.” Paulo Freire Paulo Freire é um dos brasileiros mais conhecidos em todo o mundo: um educador revolucionário, que desenvolveu um método de alfabetização rápido e tinha como ponto de partida a experiência de vida de cada participante do projeto, sempre… Continuar lendo Políticas públicas, sim! Populismo, não!

A responsabilidade humanista do sindicalismo

Os Acordos e as Convenções Coletivas de Trabalho são a materialização dos objetivos centrais dos sindicatos: organizar, representar e defender os interesses da classe trabalhadora. Em tempos de crise, como pelos quais estamos atravessando, desemprego, precarização, fome, falta de vacinas, desprezo pela vida humana e pela honestidade, os sindicatos precisam ir além das negociações com… Continuar lendo A responsabilidade humanista do sindicalismo

A terceirização e suas consequências aos trabalhadores

A terceirização de serviços e suas consequências nas relações de trabalho, é um tema que vem sendo cada vez mais discutido no seio da classe trabalhadora e pelos meios de comunicação que representam os trabalhadores. Na maioria das vezes, é unânime a opinião de que a terceirização provoca a precarização do trabalho. Claro que não… Continuar lendo A terceirização e suas consequências aos trabalhadores

Às vezes, a greve é amarga. Mas sempre será um direito!

Infelizmente, é comum que, quando ocorre uma greve, a maioria das pessoas e a quase totalidade das mídias critiquem os seus efeitos, mas, dificilmente apontam os motivos que levaram os trabalhadores a paralisarem suas atividades. Se as condições de trabalho fossem minimamente dignas, os salários justos e os direitos respeitados, a maioria das greves não… Continuar lendo Às vezes, a greve é amarga. Mas sempre será um direito!