Onde você estava em 05 de outubro de 1988, cara pálida?

Você consegue se lembrar dos locais, ruas e bairros que gostava de ir em 1988? Você consegue se lembrar dos seus equipamentos eletrônicos, da sua bicicleta, ou mesmo, se for o caso, do seu carro em 1988?  Caso você tenha todas estas lembranças, você conseguiria provar que era o dono destas coisas e que ia… Continuar lendo Onde você estava em 05 de outubro de 1988, cara pálida?

“Vou trabalhando, até conseguir meu primeiro emprego”

Todo jovem tem muitos sonhos, perspectivas e projetos de vida, que possibilitem sua realização pessoal e sua ascensão social. Neste contexto, a educação e o trabalho são dois dos principais fatores que podem transformar a vida destes jovens. Não faz muito tempo que a principal alternativa para a maioria dos jovens era trabalhar na área… Continuar lendo “Vou trabalhando, até conseguir meu primeiro emprego”

Políticas públicas, sim! Populismo, não!

O sistema não teme o pobre que em fome. Teme o pobre que sabe pensar.” Paulo Freire Paulo Freire é um dos brasileiros mais conhecidos em todo o mundo: um educador revolucionário, que desenvolveu um método de alfabetização rápido e tinha como ponto de partida a experiência de vida de cada participante do projeto, sempre… Continuar lendo Políticas públicas, sim! Populismo, não!

A responsabilidade humanista do sindicalismo

Os Acordos e as Convenções Coletivas de Trabalho são a materialização dos objetivos centrais dos sindicatos: organizar, representar e defender os interesses da classe trabalhadora. Em tempos de crise, como pelos quais estamos atravessando, desemprego, precarização, fome, falta de vacinas, desprezo pela vida humana e pela honestidade, os sindicatos precisam ir além das negociações com… Continuar lendo A responsabilidade humanista do sindicalismo

A terceirização e suas consequências aos trabalhadores

A terceirização de serviços e suas consequências nas relações de trabalho, é um tema que vem sendo cada vez mais discutido no seio da classe trabalhadora e pelos meios de comunicação que representam os trabalhadores. Na maioria das vezes, é unânime a opinião de que a terceirização provoca a precarização do trabalho. Claro que não… Continuar lendo A terceirização e suas consequências aos trabalhadores

Privatização da Eletrobras: um túnel no fim da luz

Mais uma vez, os princípios republicanos foram descaradamente ignorados e prevaleceram os interesses financeiros e regionais. A barganha de jabutis, de verbas e de ações entre amigos, compromete não só a maior empresa pública de energia da América Latina, mas também limita as possibilidades de um maior desenvolvimento econômico, por falta da infraestrutura de um… Continuar lendo Privatização da Eletrobras: um túnel no fim da luz

O ego político, as liberdades individuais e os direitos trabalhistas

Todo ser humano gosta de ser elogiado por suas qualidades, posicionamentos assertivos e ações desenvolvidas ao longo de sua vida. Esta necessidade é normal e faz bem para o desenvolvimento pessoal: mas precisamos ficar atentos, para que isso não se torne uma obsessão, um vício.  Quando focamos as necessidades do ego da classe política, a… Continuar lendo O ego político, as liberdades individuais e os direitos trabalhistas

Eu vou chamar o síndico!

A fome voltou, mas o emprego não veio; o empresariado perdeu a confiança e os trabalhadores perderam vários direitos; não tem verba para a saúde, nem para a cultura e nem para o meio ambiente, porque o orçamento não previu. No entanto, as emendas parlamentares estão garantidas. A Constituição Federal é interpretada conforme os interesses… Continuar lendo Eu vou chamar o síndico!

A segurança física do Eletricitário e a responsabilidade social das empresas

As atividades de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica são essenciais. Esta afirmação ficou ainda mais evidente nestes tempos de pandemia, mesmo que algumas empresas insistam em não reconhecer o verdadeiro valor dos seus trabalhadores. A qualidade dos serviços prestados pelos Eletricitários é tamanha, que os consumidores já se acostumaram com o acender das… Continuar lendo A segurança física do Eletricitário e a responsabilidade social das empresas