Traços fascistas do governo Bolsonaro

Por diversas vezes, são tecidas críticas e são realizadas análises por diferentes atores sociais, sobre qual o perfil ideológico do governo Bolsonaro. Quase sempre, surge a classificação de que estamos sob o comando de um governo fascista, ou muito próximo disso. É certo que o Brasil não é o único país refém de uma proposta… Continuar lendo Traços fascistas do governo Bolsonaro

Povo a(r)mado jamais será escravizado!

Será que, realmente, o homem foi criado a semelhança de um Deus? Ou este mesmo homem é escravo de uma necessidade egoísta de ser mais que seu semelhante, e isto o leva a, infamemente, se comparar a uma divindade maior? Desde que controlada e sem causar prejuízo a terceiros, a ambição é um fator motivacional… Continuar lendo Povo a(r)mado jamais será escravizado!

A dignidade num prato de comida

Certamente, a maioria das pessoas já passou vontade de comer alguma coisa e não pode satisfazer essa vontade de imediato. Os motivos são muitos: falta de tempo, falta de dinheiro, falta de lugar para comer, entre outros. Se passar vontade de comer já é difícil, imagine passar fome: precisar e não ter o que comer.… Continuar lendo A dignidade num prato de comida

Liberdade de expressão não é atacar a Democracia

Desde a sua candidatura, o Presidente da República sempre adotou a estratégia do conflito, na tentativa de fazer prevalecer suas opiniões. Ao longo do seu destrambelhado e incompetente mandato, sua postura tornou-se ainda mais agressiva e prejudicial ao Brasil, ao povo e à Democracia. Além da divulgação em massa de fake news através da utilização… Continuar lendo Liberdade de expressão não é atacar a Democracia

Foi sem querer, querendo: as barbaridades do “Chaves Tupiniquim”

No mundo globalizado, é praticamente impossível que nossos comportamentos, preferências e opiniões não sejam impactados por estudos, modismos e estímulos ao consumo, oriundos de outros países e regiões. Em que pese a marcha do progresso, é preciso questionar se este progresso é bom e justo para todos; é preciso questionar se somos capazes de nos… Continuar lendo Foi sem querer, querendo: as barbaridades do “Chaves Tupiniquim”

A preservação da vida e da liberdade não permite a imparcialidade

Não existe imparcialidade. Todos são orientados por uma base ideológica. A questão é: sua base ideológica é inclusiva ou excludente.”                                         Paulo Freire Sempre ouvimos que o homem é, por essência, um ser social. Entretanto, o recente caminhar da humanidade, conduzido irresponsavelmente por dogmas capitalistas radicais, aproxima-se rapidamente de uma ruptura social jamais imaginada. E o… Continuar lendo A preservação da vida e da liberdade não permite a imparcialidade

Onde você estava em 05 de outubro de 1988, cara pálida?

Você consegue se lembrar dos locais, ruas e bairros que gostava de ir em 1988? Você consegue se lembrar dos seus equipamentos eletrônicos, da sua bicicleta, ou mesmo, se for o caso, do seu carro em 1988?  Caso você tenha todas estas lembranças, você conseguiria provar que era o dono destas coisas e que ia… Continuar lendo Onde você estava em 05 de outubro de 1988, cara pálida?

Apagão mental ou descaso do “Posto Ipiranga”?

O Brasil vive a pior crise hídrica dos últimos 91 anos e as perspectivas para os próximos meses não são as melhores: aumento das tarifas de energia elétrica para os segmentos da indústria e do comércio dificultarão, ainda mais, a já lenta recuperação econômica. Já o consumidor residencial será, mais uma vez, golpeado pelas costas,… Continuar lendo Apagão mental ou descaso do “Posto Ipiranga”?

A responsabilidade humanista do sindicalismo

Os Acordos e as Convenções Coletivas de Trabalho são a materialização dos objetivos centrais dos sindicatos: organizar, representar e defender os interesses da classe trabalhadora. Em tempos de crise, como pelos quais estamos atravessando, desemprego, precarização, fome, falta de vacinas, desprezo pela vida humana e pela honestidade, os sindicatos precisam ir além das negociações com… Continuar lendo A responsabilidade humanista do sindicalismo